Preta Rara é escritora, historiadora, rapper, arte-educadora e ex-empregada doméstica. Nascida em Santos (SP), lançou em 2015 o disco Audácia. Em 2016, lançou no Facebook a página Eu, Empregada Doméstica, onde dialoga sobre as condições de trabalho das trabalhadoras domésticas no país. Em 2017, promoveu no YouTube a websérie Nossa Voz Ecoa, abordando a temática relacionada à cultura e  estética negra, racismo, machismo, gordofobia e hip hop. Já em 2019, saiu seu primeiro livro, Eu, Empregada Doméstica: a senzala moderna é o quartinho da empregada. Na obra, a “porta-voz das domésticas no Brasil”, como é conhecida, conta a experiência que viveu como trabalhadora doméstica durante sete anos em Santos, e revela centenas de relatos anônimos de outras mulheres, enviados à página no Facebook.

MESA: “O QUE QUER, O QUE PODE ESTA RIMA!  POESIAS, IDEIAS, TEIMOSIAS E AFINS…“ – SEXTA, DIA 11, ÀS 18H no www.youtube.com/flipelo

Share This

Share This

Share this post with your friends!